Nietzsche como parte da história da metafísica release_vjpsbmntbzg5nnq6kl4lrhtcyq

by Barbara Smolniakof

Published in Intuitio by EDIPUCRS.

2021   Volume 14, e39325

Abstract

É notório que a leitura que Heidegger fez da filosofia nietzschiana foi uma das mais polêmicas. Sobretudo porque ele insistiu em enquadrar Nietzsche na linha que mais era alvo de seu pensamento, isto é, a metafísica. Este trabalho objetiva explicitar de que modo Nietzsche é compreendido como parte da história da metafísica sob a perspectiva filosófica de Martin Heidegger. Para tanto, será necessário dar dois passos gerais. Primeiro, apontar o que Heidegger entende por metafísica, a saber, a história da filosofia como o esquecimento do Ser. Segundo, fazer uma leitura pormenorizada do ensaio "a sentença nietzschiana 'Deus está morto'" reconstruindo o argumento de Heidegger. É nesse ensaio em que ele localiza a filosofia de Nietzsche dentro da metafísica, mais exatamente, como a parte que a esgota.
In application/xml+jats format

Archived Files and Locations

application/pdf  341.4 kB
file_eren3xm4ojhnbfloyzlh4mnwfm
web.archive.org (webarchive)
revistaseletronicas.pucrs.br (publisher)
Read Archived PDF
Archived
Type  article-journal
Stage   published
Date   2021-09-02
Container Metadata
Open Access Publication
Not in DOAJ
In ISSN ROAD
Not in Keepers Registry
ISSN-L:  1983-4012
Work Entity
access all versions, variants, and formats of this works (eg, pre-prints)
Catalog Record
Revision: 35256785-2ab6-4d11-8be2-39fc673850b4
API URL: JSON