Produção de mudas de batata doce em ambiente protegido com aplicação de extrato de Ascophyllum nodosum release_unoyrowgxbal5i4tsgasvd6fvi

by Édina Regina Neumann, Juliano Tadeu V Resende, Letícia KP Camargo, Rafael R Chagas, Renato B Lima Filho

Abstract

RESUMO A batata doce é uma olerícola adaptada a climas tropicais e possui baixa tolerância a temperaturas amenas, o que reduz o tempo disponível para o cultivo na região Sul do Brasil. Portanto, técnicas que visem a otimização do processo, como a produção de mudas em bandejas em ambiente protegido, aliado à aplicação de bioestimulantes, torna-se uma alternativa eficiente para reduzir o ciclo da cultura. O objetivo do trabalho foi avaliar a influência do uso do extrato da alga Ascophyllum nodosum na produção de mudas de batata doce em bandejas em ambiente protegido. Utilizou-se o delineamento de blocos casualizados com parcela subdividida, com cinco concentrações do extrato de alga (0,0%; 0,5%; 1,0%; 1,5%; e 2,0%) e três segmentos da rama da batata doce (basal, intermediária e apical), com 9 repetições. Foram avaliados aspectos de propagação vegetativa e massa fresca e seca dos órgãos da planta. Observaram-se resultados positivos para todas as características avaliadas, quando utilizado o segmento apical da rama, para a maioria das concentrações de extrato de alga aplicadas. Com relação às concentrações utilizadas, praticamente todas as características corresponderam ao incremento nas doses, independente do segmento da rama utilizado. Atribui-se à presença de citocininas e auxinas e outros componentes químicos presentes no extrato de A. nodosum e na própria estrutura da planta, os efeitos benéficos observados. Os melhores resultados foram encontrados no segmento apical combinado com a concentração de 1% do produto. O extrato de alga marinha otimizou a formação de mudas de batata doce em bandejas, contribuindo para o aumento de vigor e consequente precocidade das mesmas.
In application/xml+jats format

Published in Horticultura Brasileira by FapUNIFESP (SciELO)
ISSN-L 0102-0536
Volume 35
Page(s) 490-498
Release Year 2017
Publisher FapUNIFESP (SciELO)

Known Files and URLs

application/pdf  376.6 kB
sha1:b2788a9a62bca782c844...
www.scielo.br (repository)
web.archive.org (webarchive)
Read Full Text
Type  article-journal
Stage   published
Year   2017
Container Metadata
Open Access Publication
In DOAJ
In ISSN ROAD
In Keepers Registery
ISSN-L:  0102-0536
Fatcat Entry
Work Entity
grouping other versions (eg, pre-print) and variants of this release
Cite This Release
Fatcat Bits

State is "active". Revision:
31549769-7992-44c6-815d-da9778a1ebcd
As JSON object via API