Filosofia e educação: crítica foucaultiana Por vias epistemológicas da filosofia da Resistência release_ulfzriy2zrc45aivuj4r4draku

by José Pascoal Mantovani

Published in Páginas de Filosofia by Instituto Metodista de Ensino Superior.

Issue 1-2 p69 (2020)

Abstract

Este artigo tem como objeto de pesquisa o tema da filosofia e educação, bem como a idiossincrasia destes dois tópicos. Como objetivo geral deste trabalho, espera-se apresentar caminhos epistemológicos relacionados a filosofia da Educação a partir da constituição da subjetividade do filósofo francês Michel Foucault (2018). Os objetivos específicos serão: (i) apresentar a relação indissociável entre filosofia e educação a partir de contribuições kantianas (1996) e de Adorno (2014); (ii) destacar a dimensão da subjetividade em Foucault (2018) e sua abordagem sobre a constituição do sujeito que traz o duplo existencial (do si mesmo para o outro); (iii) destacar o impacto da resistência filosófica quando feita a partir de uma epistemologia que lança o sujeito para o centro da reflexão. A problematização que pautará a reflexão deste artigo será: Qual o papel da educação na construção da subjetividade do sujeito? Com essa pergunta, espera-se propor caminhos hermenêuticos que auxiliem no processo educacional. A metodologia deste trabalho é a revisão bibliográfica do autor Michel Foucault e comentarista como Edgarbo Castro (2016) e Veiga-Neto (2000).
In application/xml+jats format

Archived Files and Locations

application/pdf  241.0 kB
file_yhrgbe7sozdkhpo2ab4sxkk7r4
web.archive.org (webarchive)
www.metodista.br (publisher)
Read Archived PDF
Archived
Type  article-journal
Stage   published
Date   2020-03-26
Container Metadata
Open Access Publication
Not in DOAJ
Not in Keepers Registry
ISSN-L:  2175-7747
Work Entity
access all versions, variants, and formats of this works (eg, pre-prints)
Catalog Record
Revision: fabb7983-50a0-47c8-bd3b-bb80921a3d73
API URL: JSON