A multimodalidade como ferramenta de inclusão no jornalismo científico release_szwx66adszao3czvwegmwewrwu

by Luana Barbosa

Published in Letras & Letras by EDUFU - Editora da Universidade Federal de Uberlandia.

2020   Volume 36, p174-196

Abstract

Este artigo tem por objetivo refletir sobre o modo como a multimodalidade se faz presente no discurso de jornalismo científico. Nos debruçamos sobre matérias da revista Pesquisa FAPESP, publicação jornalística impressa dedicada à divulgação de pesquisas científicas. Uma vez que as páginas de uma revista são compostas por notícias formadas por textos, imagens, gráficos e fotos, utilizamos textos jornalísticos para observar como o fenômeno da multimodalidade ocorre. Neste trabalho, consideramos as relações entre poder e discurso de Gnerre (2009) e Fairclough (2001), além das categorias de análise elaboradas por Kress e van Leeuwen (2006) em Reading images. The grammar of visual design. Nossos resultados apontam para o fato de que, no atual cenário de crise democrática, o jornalismo científico utiliza recursos multimodais para tornar os textos mais inteligíveis, funcionando como ferramenta de inclusão e auxiliando para que o discurso da ciência não seja usado como elemento de poder por aqueles que o produzem nos laboratórios, institutos de pesquisa e universidades.
In application/xml+jats format

Archived Files and Locations

application/pdf  11.1 MB
file_stq7awdjpzb45lmnjqld3szmzy
web.archive.org (webarchive)
www.seer.ufu.br (publisher)
Read Archived PDF
Archived
Type  article-journal
Stage   published
Date   2020-06-28
Container Metadata
Open Access Publication
In DOAJ
In Keepers Registery
ISSN-L:  0102-3527
Work Entity
access all versions, variants, and formats of this works (eg, pre-prints)
Catalog Record
Revision: ca6ef12f-e058-49ff-bbb3-f7b48545841d
API URL: JSON