A preocupação com a ética na pesquisa em seres humanos representada na redação de tesesapresentadas à Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo no período de 1989 a 2001 release_q72osmgijvahxf4oxksnl64pi4

by Dalton Luiz De Paula Ramos

Published in Saúde Ética & Justiça by Universidade de Sao Paulo Sistema Integrado de Bibliotecas - SIBiUSP.

2003   Issue 1-2, p57

Abstract

<span style="font-family: Helvetica; font-size: xx-small;"><span style="font-family: Helvetica; font-size: xx-small;">A ética na experimentação científica envolvendo seres humanos tem sido fonte de preocupação daqueles que estão atentos à preservação dos interesses da pessoa humana. A bioética vem propiciando instrumentais adequados para essa reflexão ética. Nesse trabalho, apresentam-se primeiramente os valores éticos de referência a partir da perspectiva filosófica do personalismo ontologicamente fundado representado na obra de Elio Sgrecia. Comentam-se aspectos dos mais importantes documentos internacionais sobre ética na experimentação com seres humanos e das correspondentes normas brasileiras. Objetivando-se avaliar o discurso dos autores de teses de mestrado, doutorado e livre-docência apresentadas à Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo de 1989 a 2001, foram examinados 913 trabalhos de tese, dos quais 605 envolveram seres humanos. Destes últimos, foram coletadas informações sobre a natureza da pesquisa e características da população estudada; emprego de procedimento experimental não terapêutico, de exames de diagnóstico por imagens e de realização de biópsias; coleta de fluídos corpóreos; divulgação de fotografias de face dos participantes; uso de dentes humanos extraídos e ossos humanos; informações sobre a obtenção de autorização ou do consentimento livre e esclarecido e da apreciação do trabalho por Comitê de Ética em Pesquisa. Discutem-se aspectos do envolvimento nas pesquisas de populações especiais (crianças, <span style="font-family: Helvetica; font-size: xx-small;"><span style="font-family: Helvetica; font-size: xx-small;">gestantes, portadores de doenças graves, doentes mentais), do emprego do vocábulo "paciente" como forma de se referir aos sujeitos da pesquisa, do processo de obtenção do consentimento livre e esclarecido, do uso de materiais biológicos em pesquisas genéticas e da criação de bancos de dentes humanos. Destaca-se o papel dos autores de trabalhos científicos na formação de opinião e como difusores da boa conduta revelada na redação de seus trabalhos. Conclui-se que, embora se manifeste nos textos estudados uma preocupação dos autores em descrever com riqueza de detalhes os outros aspectos da metodologia empregada, quanto aos éticos pouco se informa. Propõe-se que os autores se empenhem mais em difundir os cuidados éticos inerentes as suas pesquisas na divulgação de seus trabalhos.</span></span></span></span>
In application/xml+jats format

Archived Files and Locations

application/pdf  45.8 kB
file_zai5phc5wnctnpy6324rsob7ke
www.revistas.usp.br (web)
web.archive.org (webarchive)
Read Archived PDF
Archived
Type  article-journal
Stage   published
Date   2003-11-07
Container Metadata
Open Access Publication
Not in DOAJ
In Keepers Registery
ISSN-L:  1414-218X
Work Entity
access all versions, variants, and formats of this works (eg, pre-prints)
Catalog Record
Revision: 48e78f7f-45e2-4e33-8297-3c43bb00dc38
API URL: JSON