Linguagem, Convenção e Conhecimento no Crátilo de Platão release_lbq3xqfj3jhkvgcofjzz32iet4

by Cássio Mercier Ramos

Published in Intuitio by EDIPUCRS.

2021   Volume 14, e35776

Abstract

O Crátilo é bastante enigmático quanto à forma com que encerra sua discussão sobre a justificação dos nomes, uma vez que planta a pergunta de como proceder ao conhecimento das coisas elas mesmas. Sendo assim, o desvelamento e clarificação da posição platônica contida no diálogo não poderiam deixar de ser assunto de muitas disputas e estudos. Este artigo tem por objetivo contrapor-se particularmente à visão de que Sócrates, ao final da obra, tome partido do convencionalismo com relação aos nomes, algo que é argumentado por Ademollo em seu importante comentário ao diálogo. Para tanto, faremos uma pequena análise das posições naturalista e convencionalista contida na discussão entre Hermógenes e Crátilo, para que, depois, sejamos conduzidos a uma reinterpretação daquilo que aqui apelidamos de "via socrática" levando em conta os vários elementos textuais presentes.
In application/xml+jats format

Archived Files and Locations

application/pdf  486.6 kB
file_zh3vkkxsjbc6pdcliuigpvk5te
web.archive.org (webarchive)
revistaseletronicas.pucrs.br (publisher)
Read Archived PDF
Archived
Type  article-journal
Stage   published
Date   2021-09-02
Container Metadata
Open Access Publication
Not in DOAJ
In ISSN ROAD
Not in Keepers Registry
ISSN-L:  1983-4012
Work Entity
access all versions, variants, and formats of this works (eg, pre-prints)
Catalog Record
Revision: ede76a9c-1e5f-4b6a-b072-bdf1c8d526a4
API URL: JSON