A presença animal em "Surdos e cegos" e "Açougue", de Astrid Cabral release_5ijckwjrpnehfnx3ui7dabn4a4

by Ana Paula Cantarelli

Abstract

Este estudo visa discutir dois poemas de Astrid Cabral, "Surdos e cegos" e "Açougue", pertencentes ao livro Jaula (2006), a partir da forma como os eu-líricos se posicionam em relação ao abate e à comercialização de bovinos destinados à alimentação humana. Para tal, ele encontra-se dividido em duas partes. A primeira aborda o distanciamento adotado pelos homens frente aos demais animais sob um viés histórico-sociológico, empregando como fundamentação teórica obras de Montaigne (2006) e de Nietzsche (1998, 2007). A segunda propõe uma relação entre as discussões estabelecidas na primeira parte e o conteúdo dos poemas selecionados alicerçada em dois pontos: a existência de matadouros em nossa sociedade e a oposição razão X pathos. Para o desenvolvimento dessa parte, foram utilizados textos de Derrida (2002, 2003), Maciel (2016), Nunes (2011) e Giorgi (2011).
In application/xml+jats format

Published in Literatura e Autoritarismo by Universidad Federal de Santa Maria
ISSN-L 1679-849X
Issue 32
Release Date 2019-01-31
Publisher Universidad Federal de Santa Maria

Known Files and URLs

application/pdf  241.6 kB
sha1:24445833f2baffb78919...
web.archive.org (webarchive)
periodicos.ufsm.br (publisher)
Read Full Text
Type  article-journal
Stage   published
Date   2019-01-31
Container Metadata
Open Access Publication
In DOAJ
In ISSN ROAD
ISSN-L:  1679-849X
Fatcat Entry
Work Entity
grouping other versions (eg, pre-print) and variants of this release
Fatcat Bits

State is "active". Revision:
c2bf2a31-2504-4fc1-af8a-fd99b83a4f43
As JSON object via API