A presença animal em "Surdos e cegos" e "Açougue", de Astrid Cabral release_5ijckwjrpnehfnx3ui7dabn4a4

by Ana Paula Cantarelli

Abstract

<jats:p>Este estudo visa discutir dois poemas de Astrid Cabral, "Surdos e cegos" e "Açougue", pertencentes ao livro Jaula (2006), a partir da forma como os eu-líricos se posicionam em relação ao abate e à comercialização de bovinos destinados à alimentação humana. Para tal, ele encontra-se dividido em duas partes. A primeira aborda o distanciamento adotado pelos homens frente aos demais animais sob um viés histórico-sociológico, empregando como fundamentação teórica obras de Montaigne (2006) e de Nietzsche (1998, 2007). A segunda propõe uma relação entre as discussões estabelecidas na primeira parte e o conteúdo dos poemas selecionados alicerçada em dois pontos: a existência de matadouros em nossa sociedade e a oposição razão X pathos. Para o desenvolvimento dessa parte, foram utilizados textos de Derrida (2002, 2003), Maciel (2016), Nunes (2011) e Giorgi (2011).</jats:p>
In application/xml+jats format

Published in Literatura e Autoritarismo by Universidad Federal de Santa Maria
ISSN-L 1679-849X
Issue 32
Release Date 2019-01-31
Publisher Universidad Federal de Santa Maria

Known Files and URLs

There are no known files associated with this release (you could try other releases for this work?).

No Full Text Available
Type  article-journal
Stage   published
Date   2019-01-31
Container Metadata
Open Access Publication
In DOAJ
In ISSN ROAD
ISSN-L:  1679-849X
Fatcat Entry
Work Entity
grouping other versions (eg, pre-print) and variants of this release
Fatcat Bits

State is "active". Revision:
c2bf2a31-2504-4fc1-af8a-fd99b83a4f43
As JSON object via API